Home
  • Home
  • Notícias
  • Católicos lotam igreja em homenagem a Santo Antônio

Católicos lotam igreja em homenagem a Santo Antônio

13 junho 2018 Notícias


Neste 13 de junho a Igreja Católica festeja Santo Antônio, um dos santos mais populares do catolicismo. Em Aracaju, desde a primeiras horas desta quarta-feira, 13, fiéis recorreram a igreja de Santo Antônio, situada no bairro homônimo, para agradecer pelas graças alcançadas, pedir a intercessão do Santo e garantir o tradicional pãozinho abençoado.

É no alto da colina, no Bairro mais antigo da capital sergipana, que a Igreja do Santo Antônio está edificada. Diante da quantidade de fiéis que se dirigem a ela, o templo se torna pequeno para comportar a demanda. Os devotos que não conseguem lugar nos bancos disponibilizados no interior da igreja, se amontoam nas laterais e portas, para participar das celebrações.

A autônoma Adriana Almeida só encontrou um lugar na porta central da igreja. Para ela, o importante é participar e fazer o seu agradecimento. “Vim agradecer pelas graças alcançadas pela intercessão dele. Participei da trezena, desde o primeiro dia e hoje, no dia festivo, só tenho a dizer: obrigada meu Santo Antônio”, ressaltou.

A Trezena teve início na sexta-feira, 1 de junho. Neste dia 13, os moradores da colina de Santo Antônio acordaram, as 5h, com os badalos dos sinos e os pipocos dos fogos que anunciaram o início do dia festivo. As 6h aconteceu a primeira Celebração Eucarística, que foi presidida pelo pároco, o Frei Francisco Gonçalves de Sousa. As 18h30 será celebrada a Missa Solene, que será presidida pelo arcebispo metropolitano de Aracaju, Dom Frei João José da Costa. Em seguida, ocorre a procissão com a imagem do Santo pelas ruas do bairro, que encerra a programação festiva deste ano.

“Aqui na colina tem algo muito especial que nos faz ver o quanto o nosso povo sergipano ama Santo Antônio. Neste dia, cada pessoa que sobe a colina ou é para agradecer ou é para pedir. As cinco missas são sempre participadas por uma multidão de gente. Então, que aprendemos com Santo Antônio a construir um mundo novo, que foi um sinalizador da verdadeira justiça, na defesa dos direitos da dignidade humana, especialmente dos mais pobres e fragilizados”, destacou o pároco, Frei Francisco Gonçalves.

Fonte: Jornal da Cidade


,

Compartilhar