Home
  • Home
  • Notícias
  • Feiras de livros usados atraem cada vez mais interessados

Feiras de livros usados atraem cada vez mais interessados

5 janeiro 2018 Notícias


Associações de moradores e grupos de pais deram início nesta semana às tradicionais feiras de livros realizadas sempre no mês de janeiro, antes de dar início ao ano letivo em escolas das redes pública e particular. A proposta dos organizadores mais uma vez é buscar promover a interação social, bem como impulsionar a troca dos materiais didáticos entre pais que possuem filhos matriculados em etapas diferenciadas do período colegial. Para se tornar apto ao mercado alternativo comercial, é fundamental que o produto a ser ofertado esteja com o mínimo de condições de uso durante os próximos 200 constitucionais dias letivos.

Como forma de fugir dos valores cada vez mais assustadores impostos pela indústria de materiais didáticos, estas feiras permitem ainda a venda avulsa dos livros, ou seja, o cidadão que por ventura não possui livros, mas deseja adquirir um, pode seguir à procura e comprá-lo mediante acordo entre as partes. Vale ressaltar que esse tipo de atividade de negócios é popular, sem pouco, ou nenhum embasamento jurídico. O que prevalece é o entendimento entre os agentes de troca, ou comprador e vendedor. Em Aracaju essas feiras já estão disponíveis em bairros como: Siqueira Campos, Orlando Dantas, Coroa do Meio, Bugio e Conjunto Augusto Franco.

Com exceção de feiras promovidas por escolas ou nas dependências das associações de moradores, todos os eventos realizados em território público seguem normas impostas pela Prefeitura de Aracaju, por intermédio da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), responsável por administrar todos os espaços públicos municipais da capital sergipana. Assim como ocorre ao longo dos últimos três anos, a tradicional Feira dos Livros do Orlando Dantas ocorre sempre nos dias de quarta-feira, das 13h às 22h e aos domingos das 05h às 13h. Na avaliação do economista Hélio Albuquerque, o índice inflacionário dos materiais escolares tem contribuído diretamente para a abrangência paulatina dessas feiras.

Fonte: Jornal do Dia


Compartilhar