NO AR
TARDE TOTAL
13h às 17h

 

 

Não foi oficial, mas o ex-prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PL),  deixou claro que vai mesmo disputar o Governo do Estado,  nas próximas eleições, durante entrevista no programa 103 Notícias, comandado pelo jornalista e radialista Carlos Ferreira.

 

Valmir falou sobre sua trajetória política,  iniciada aos 18 anos, quando foi eleito vereador de Itabaiana, sendo o mais  votado, façanha que se repetiu outras cinco vezes. Disputou a prefeitura e ganhou do então prefeito Luciano Bispo, impondo-lhe a primeira derrota política na carreira. Foi reeleito com uma diferença superior  17 mil votos, derrotando o irmão de Luciano, Roberto Bispo e ao final dos dois mandatos, elegeu seu sucessor, Adailton Souza, atual prefeito de Itabaiana. Também elegeu seu filho, Thalysson, o deputado estadual mais votado de Sergipe.

 

PREFEITURA FALIDA

 

O pretenso candidato a governador, lembrou que recebeu a prefeitura com uma divida de mais de 30 milhões, salários atrasados, obras inacabadas e sem crédito na praça. Em menos de um ano equilibrou as finanças do município, valorizou os servidores e transformou a cidade num canteiro de obras, o que lhe rendeu o título de melhor prefeito do Brasil.

 

PERSEGUIÇÃO

 

Durante a entrevista, também se referiu ao problema que enfrentou na justiça e garantiu que sua prisão foi um ato de perseguição, promovido pelos poderosos, que  não engolem seu crescimento político. “Tanto é verdade que no decorrer do processo fui considerado inocente”. Sei que  continuarei sendo perseguido, porque os poderosos não se conformam com a ascenção de um político nascido do anseio popular e sem família tradicional” disse, acrescentando que não teme perseguição e que está ouvindo a voz que vem das ruas.

 

Valmir de Francisquinho falou com orgulho que é de origem humilde, sempre trabalhou duro, desde adolescente e aprendeu com seus pais, respeitar a todos e viver de forma digna.

 

Nesta segunda, dia 02 de maio, Valmir deve anunciar oficialmente sua decisão de concorrer ao cargo de governador. Evitou falar nos nomes dos futuros companheiros de chapa, mas sabe-se que ele terá a vereadora Emília Correia, candidata a vice e Eduardo Amorim, concorrendo ao senado.

 

 

Redação 103 FM

Publicidade

© COPYRIGHT 2022 - 103 FM ARACAJU. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.